Este pêlo branco

Aqui, nesta montanha batem os primeiros matinais raios de sol e quando este desce e se apresenta o luar tem-se a sensação de que nada se apresentou diferente do que já foi, do que é ou que poderá vir a ser. Não espere nada, nem deslumbramento nem desilusão, não é essa a brancura que se pretende.
Anseie o nulo para que atinja o supremo início do tudo de novo.
Muito gosto,
Cabra Branca.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

voz











A tua voz... lembra-me tudo o que és que eu não conheço, já tem um fim sem começo. Desejo deitar-te neste colchão, és um alguém que aquece a quem aqui está e te desconhece, mas espera delirante um tal belo amante. Todos sabem, sem medo, os que já foram, embora a nenhum lhes chegou um fim. Tu podes ser o meu império, promessa séria, entre quem te leva a este chão, sem magoar, uma e outra vez, mil vezes sem ilusão, quero ouvir essa voz, guarda-la em mim e perde-la tantas vezes e depois sempre a encontrar.
Pega em mim, eu não quero saber, eu não quero saber que estranho és. E sempre que venhas amante, tira-me, leva-me daqui e recorda que já vieste tantas outras vezes e viajaste quilómetros dentro do que sou. Se um dia tiver fim, não existe quem não se conhece, és alguém que volta sem nunca ter chegado a vir ou mesmo a partir.
Podes ser tudo, sem desculpas, altos ou baixos, não quero saber, só quero uma luz que não se apague, só quero mesmo cair neste colchão, percorrer um milhão... de mim.

23 comentários:

  1. Caramba Mulher... Escreves como poucos!!
    Quando surge um hiato teu por aqui, é bem tristemente sentido...

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eros nem sempre é para um triste sentir, antes pelo contrário! :)

      Beijo em ti

      Eliminar
  2. Ecos de uma alma, num ajuste desconhecido de uma outra…
    Um texto sublime…levou-me ao cimo de mim*****

    ResponderEliminar
  3. Essa voz mata sempre um pouco do ser... e acreditar na razão porque vale apena amar... e tudo quanto tem de bom... é que essa voz existe... primeiro dentro e só depois fora

    Senti assim... Beijo em ti

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E sentiste muito bem OM Nu(a)nce

      Beijo grande

      Eliminar
  4. "lamento, mas não consigo explicar -me a mim mesmo, porque não sou eu mesmo, compreendes?
    Oh pêlo e bigodes meus!! É isto que me oprime a alma"

    Vamos para trás? Ou para o lado!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não lamentes, os lamentos por muitos cultivados não fazem brotar gatos de pêlo e bigodes lindos! Agir reagindo faz nascer ninhadas!

      Beijo ao miau

      Eliminar
  5. http://hotel-oriental.blogspot.pt/
    Visita! Agora em novo registo.
    (Era o my-skin-and-under)
    Espero que gostes.

    ResponderEliminar
  6. Voz poderosa que nos faz perder a razão :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e o que me tira do sério a voz...

      Beijo DoiSaboresELA

      Eliminar
  7. Este discurso não é de uma cabra qualquer. É de cabrona. (revestida de elogio)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha OHHHH Fulano, OBRIGADA!

      Beijo e sê bem vindo!

      Eliminar
  8. Voz que te faz estremecer e mergulhar numa imensidão de vontades :)
    Beijo-te ao ouvido
    O Pecador

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que pecado é não ter o poder de escutar agora a tua voz!

      ;) Beijo Pecador

      Eliminar
  9. Voz que implora pelo amor e pela necessidade da pessoa amada...
    Lindo o poema!
    Gostaria que você conhecesse meu blog de poemas:
    www.integraldemim.blogspot.com.
    Abraços!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Sex is Your LIFE ;)
      Passo por lá com brevidade.

      Beijo

      Eliminar
  10. Do a vacantion or Get a life!!

    ResponderEliminar
  11. e a ti? alguém já te disse qual o poder da tua voz?

    bj doce

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim SinneR, mas não conto :P

      Beijo-te meu amigo!

      Eliminar
  12. Great article.

    Feel free to surf to my homepage - buy twitter followers cheap
    My webpage :: buy followers on twitter

    ResponderEliminar
  13. Eu guardo a voz dela comigo :)

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom Emilie, gostavamos certamente de ter uma caixinha de vozes, mas não uma qualquer voz, a voz!

      Beijo e sê bem vinda

      Eliminar