Este pêlo branco

Aqui, nesta montanha batem os primeiros matinais raios de sol e quando este desce e se apresenta o luar tem-se a sensação de que nada se apresentou diferente do que já foi, do que é ou que poderá vir a ser. Não espere nada, nem deslumbramento nem desilusão, não é essa a brancura que se pretende.
Anseie o nulo para que atinja o supremo início do tudo de novo.
Muito gosto,
Cabra Branca.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

tocAR


Sonhei contigo. Se imaginavas que te sonharia. Não só sonhei, aprovei todos os segundos os minutos desse estar. Sabes lá tu, como o desejo chega a tocar, a agarrar a luxúria que és, a linha, a forma esculpida, a pele macia, sedenta magia, desafio escondido, desejo molhado, quente estado, cheirosa cobiça, viçosa e vaidosa.
Contigo és tu, sou eu.

15 comentários:

  1. Gostava de saber sonhar assim...
    boa escolha musical ;)
    Beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é só fechares os olhos ao som desta música....

      beijo Ka

      Eliminar
  2. Gosto assim dessa pentelheira...pequenina.

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Todos os minutos que sejam assim, desta forma e intensidade :)

      Beijo

      Eliminar
  4. Deve ser um prazer fazer parte dos teus sonhos :o)

    beijos magicos

    ResponderEliminar
  5. Um brinde á luxuria seja ela escrita ou praticada....A musica é linda a imagem tb !!
    Beijo linda escritora.

    ResponderEliminar